quinta-feira, 24 de março de 2011

Imperador? Tá mais pra bobo da corte.

Após o Roma rescindir o contrato com o atacante Adriano, alguns times brasileiros mostram desinteresse. O jogador mostra sua vontade de jogar pelo Flamengo, mas como confiar em uma pessoa que talvez leve o apelido tão ao pé da letra a ponto de fazer tudo do jeito que quer? Parece que seu nome aparece nos jornais mais para demonstrar envolvimento em confusões do que grandes e habilidosas jogadas. Vale a pena gastar um dinheiro tão alto em alguém que se não sabe se vai trazer benefícios? Talvez nem no marketing seja mais tão forte. Apesar de ser (ou ter sido) um excelente jogador, hoje existem garotos que jogam com amor a camisa, raça e vontade, na intenção de conquistar uma vaga no time titular e quem sabe um dia sonhar com a camisa da seleção. Podemos citar o jogador Adriano “Michael Jackson” vindo do Bahia para o Palmeiras. Enquanto clamava por um centroavante, sem acreditar muito, Felipão coloca o menino que, em poucos minutos, sabe ter atitude e resolver jogos importantes. Conquistou a torcida, isso é um ponto importantíssimo; caiu nas graças do treinador que durante uma brincadeira disse: “Se ele fizer 3 gols eu danço Michael Jackson”. Não foi por menos, Adriano foi lá e fez quatro, fazendo com que o treinador olhasse inconformado. Foram seis gols em três partidas.

Depois de alguns clubes negarem seu interesse, Corinthians mantém, mas com uma proposta um tanto questionável. O jogador só recebe bom salário se jogar e aparecer nos treinos. Melhor do que nada, não é?

A rivalidade entre os times paulistas sempre foi enorme, principalmente quando se criam tabus e um time fica muito tempo sem ganhar do outro. Já ocorreu do Corinthians ficar anos sem ganhar do Palmeiras e vice versa. Agora quem está há 4 anos sem vencer o Alvinegro é o São Paulo.


Nesse domingo, acontecerá o confronto. Ceni diz que tricolor está mais motivado e também afirma que, apesar o tempo sem vencer, já ficou mais tempo sem perder para eles, lembrando assim a marca de quatro anos e meio. SPFC conta com Fernandinho e Dagoberto, o segundo melhor ataque do campeonato, ficando atrás apenas do Santos. O Alvinegro conta com o tão aclamado Liedson e a volta de Jorge Henrique. 

No próximo domingo há, também, clássico entre Palmeiras x Santos. Ambos praticamente classificados, a luta é para ficar em primeiro lugar, garantindo assim uma grande vantagem na fase final. Há o mando de campo na semifinal. A final é disputada em jogos de ida e volta.




Que comece, então, o mata-mata.



1 comentários:

Lá Cristina disse...

O Junior enlouqueceu quando o Adriano voltou pro Brasil. Havia nele uma grande esperança dele retornar ao flamengo... coitado, ficou desapontado.
Não aguento mais escutar:
"Se o Adriano tivesse aí, era gol"
"O Adriano NUNCA perderia esse lance"
"Nessa hora a bola entrava se fosse o Adriano"

4 de abril de 2011 00:40

Postar um comentário

Seguidores